sexta-feira, 19 de maio de 2017

Saída sem abalo

Nos comentários publicados pelo jornalista Frances do Jornal do Povo dando conta que o empresário Pedro Colli poderia ter saído chateado com o prefeito Walter Volpato, segundo informações a situação é bem, outra, os dois continua com à amizade de anos e Colli se comprometeu a  continuar colaborando , mesmo fora da prefeitura,para que Volpato faça uma boa gestão administrativa;

As denuncias rolam em Brasilia

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Fruto da futrica

Em Sarandi, Walter Volpato parece estar transformando seu sonho antigo – ser Prefeito – em pesadelo.
Dá ouvidos a muita futrica.
Acaba de perder excelente colaborador, chefe de Gabinete Pedro Colli.
Em política, cada ex- amigo é um inimigo poderoso pelas informações que tem.
Coluna do Frances - Hoje Jornal do Povo

PSDB rompe com Temer e pensa em eleição indireta

O principal partido aliado ao governo Michel Temer (PMDB) deverá entregar seus cargos, defender a saída do presidente por renúncia ou impeachment e a realização de eleições indiretas no Congresso Nacional. A decisão deve ser tomada hoje à tarde, e alguns líderes defendiam que apenas era preciso esperar a divulgação do áudio da gravação em que Temer apoia a compra de silêncio de delatores da Lava Jato.Fonte Plantão Brasil

Renuncia

Temer já pode escrever sua carta de renúncia: áudio e vídeos vazarão em instantes!

Deputado paranaense esta com Dória em Nova York

O deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) não é um dos nomes mais conhecidos no cenário político nacional. Suplente de Osmar Serraglio, que assumiu o Ministério da Justiça em março deste ano, o parlamentar era, até então, um nome quase desconhecido para o grande público.

Investigações não atingem municípios

Fica por conta dos blogueiros as virtuais denuncias  de mazelas que ocorrem ou ocorreram nos Municípios. Isso porque o foco de investigações da Policia Federal está voltado para a Lava Jato e outras Operações . Mas, que há muitos indícios de corrupção, distorções administrativas existem .sim.

Clima de alvoroço em Brasilia e nos partidos PMDB/PSDB


STF passa por cima de Moro e decreta prisão de irmã de Aécio Neves, que não tem foro privilegiado(Plantão Brasil)


quarta-feira, 17 de maio de 2017

entenda porque a Globo deu no "furo" de reportagem

A JBS é a terceira maior anunciante da Globo. Sem o dinheiro da JBS a globo não paga as contas do mês. Quando da operação a "Carne é Fraca" a JBS perdeu algumas centenas de milhares de dólares e seu dono percebeu que estaria correndo risco. 

A JF Holding também está prestes a fazer uma abertura de capital bilionária na Bolsa de Nova York e os irmãos já tratam com a Justiça americana limpar o nome da empresa para seguir em frente. Os irmãos Batistas, bem orientados por advogados, decidiram pela delação premiada no Brasil e num pagamento de multa nos Estado Unidos numa estratégia para salvar o seu grupo empresarial. Em suma, governos passam, mas a empresa fica. Secretamente ele foi à procuradoria fazer delação sabendo que com Moro ele não a teria.

Percebendo que mesmo com a delação a JBS seria cobrada por mais de 700 milhões de prejuízo do BNDS (que corrigidos e com multa ia para algo dos 3 bi) e ainda seria preso (como foram Odebrecht e Eike).

O dono da JBS largou a delação para vários meios de informação. Quem desse o furo levava. A Globo poderia tentar segurar mas perderia o seu terceiro maior anunciante e quando outras emissoras ou mesmo as redes mostrassem a delação ficaria impossível (até para os mais tapados) deixar de reconhecer a globo como acobertadora de corruptos. 

PM cerca o palácio do Planalto em Brasilia.Exercito também deve entrar em prontidão

´Povo  vai se manifestar em frente  Palácio,em São Paulo na Avenida Paulista.Por medida preventiva, diante de eventual convulsão popular, o comando das três Forças ordenou a quartéis estratégicos que os soldados fiquem de prontidão. A medida, ainda não oficial, envolve o QG em Brasília, e de capitais como Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. 

Também por prevenção, viaturas da PM de Brasília passaram a rondar a Esplanada dos Ministérios nesta noite, no perímetro do Palácio do Planalto. A região já está cercada desde domingo, com proteção ao Palácio e Congresso Nacional, com a iminente votação em plenário da Reforma da Previdência. O objetivo é isolar as duas edificações de movimentos populares contrários. Mas agora, a segurança se reforçou.