domingo, 19 de março de 2017

Panos quentes

O Palácio do Planalto tentou minimizar  o grampo que saiu nas  sociais e nos principais  canais de televisão e jornais. O   grampo foi sobre a conversa  do Ministro da Justiça Osmar Serraglio (PMDB) como fiscal agropecuário Daniel Gonçalves Filho superintendente  do Ministério da Agricultura no Paraná , entre 2017 a 2016. O Ministro foi chamado de chefe da ação criminosa  na Operação Carne Fraca que facilitava a venda de carne imprópria. Que minimizaram , minimizaram, tanto é, que o foco das atenções se voltaram para outras personagens menos expressivas.Por falar nisso, porque a grande imprensa não deu destaque ao homem que morreu caindo no 17º da Câmara dos  deputados, dizem que ele se suicidou, devido a questão da reforma da previdência.

Nenhum comentário: